Desmistificando as Fezes

Desmistificando as Fezes

Ninguém escapa do fenômeno biológico da evacuação.

Porém com tantos tabus, rituais e crenças, algumas falsas, tem sido criados sobre o ato de limpar os próprios intestinos. Você pode até pensar em ser entendido no assunto, mas equívocos são muito freqüentes. Segue 5 verdades que apagarão de vez os enganos sobre defecação:

1. Defecar diariamente é o normal ?  e o ideal?

Regulamente não significa que a defecação deve acontecer diariamente, e sim acontecer de forma consistente. Frequência só se torna preocupação quando muda de repente. Gastroenterologistas ironizam que qualquer coisa na faixa de 3 vezes ao dia até 3 vezes por semana é normal, desde que as fezes sejam duras e não muito soltas.

A prisão de ventre é causada por vários fatores:

  1. Má alimentação
  2. Desidratação
  3. Falta de exercícios
  4.  Mudança de dieta durante uma viajem
  5. Gravidez
  6. Certos medicamentos

O que pode melhorar a evacuação:

  1. Bom descanso
  2. Ingestão de água
  3. Fazer exercícios
  4. Manter uma dieta rica em fibras, grãos, frutas e legumes

A diarréia  ou intestino solto, também é causada pelos seguintes fatores:

  1. Vírus
  2. Bactéria
  3.  Reação alérgica.

Quando ocorre com muita frequência, pode ser sinal de uma doença crônica ,como a síndrome do colo irritável.

2. Por que cheira tão mal?

Pode não ser um mar de rosas ou um pântano podre!

Algo realmente difícil, de cheiro insuportável pode ser um sinal de infecção ou algo mais serio, entre eles a doença de crohn, doença celíaca ou colite ulcerosa. A giardíase também pode causar um odor fétido terrível. Deve ser consultado o médico.

Soltar gases de manhã à noite é normal e saudável, sendo subproduto natural das bactérias do seu intestino que digerem a comida. Se fedidas, podem ser sinais de doenças.

3. O cólon precisa de boa lavagem?

Limpeza de cólon é uma das piores coisas que você pode fazer a longo prazo, apesar da prática ser bastante popular. Não se pode lavar as coisas ruins sem lavar as coisas boas. O pior é que não há coisas ruins para lavar. Toxinas e quilos de matéria fecal apodrecida, não existem!

Com a limpeza de cólon se libera bactérias e eletrólitos benefícios, que se ajudam nas fezes finais da digestão, incluindo absorção de água, de vitaminas principalmente K, B1, B2, B7 E B12, fermentação das fibras. Alguns pacientes apresentam com efeitos colaterais desidratação, perfurações retais, embolia aérea, infecções no sangue e perda parcial da capacidade de controlar os músculos dos intestinos.

A teoria da auto intoxicação(toxinas do cólon que sejam absorvidas no sangue) é incorreta.

4. Levar o tempo que precisar no banheiro é saudável?

Ler no banheiro não é saudável.

 Estudos mostram que a leitura no banheiro e a doença hemorroidária tem forte ligação.

Ficar sentado em tempo prolongado no vaso sanitário, com o ânus relaxado, seguido por esforço repetido, irritam os tecidos que circundam o ânus (que são responsáveis por ajudar os movimentos peristálticos do ânus), empurrando as veias ocasionando em hemorróidas.

Então: “Não é uma boa ser leitor sanitário”

Vale lembrar que a contaminação de revistas e smartphones com matéria fecal.

5. Mais fezes leva a mais perda de peso?

Muitas pessoas tomam laxantes ou bebem chás, com a esperança de defecar mais calorias.

Informando que a absorção de calorias ocorre na maior parte do intestino delgado. Laxantes fazem o seu trabalho no intestino grosso, ou cólon.

A respostar é : Não emagrece nada!

Lembre-se: Fibras, água e exercícios , são a tríade de uma boa defecação.

Deixe uma resposta

Fechar Menu